sexta-feira, 28 de novembro de 2014

" 1 ano B, Quixoteando meu hoje!"


“Meus meninos e meninas  MUITO OBRIGADA por me acompanharem no desfecho pratico das loucuras de Irane.
Sei que foi corrido,  cansativo.  Muitas  brigas, quase que   dentre tapas, beijos e muito esculacho.
Aí foi mais que a busca de uma NOTA. O empenho não  somente de  agradar-me , mais algo que  agrade as crianças que iremos visitar em exclusiva e, magnifica honradez de que vale a pena cada agora com vocês.
Do mesmo modo,  no escurinho derramei lágrimas  de emoção por  presenciar  o empenho TOTAL do   1º Ano B, a presença da mãe-aluna que sempre esta pronta a nos apoiar, ceder seu tempo,  apoio em maquiagem, vestimentas e  ajudar-me a controlar  a ansiedade desses aborrecentes queridos.
Cá com meus botões repetindo em  alegria ‘que quando essas pestes querem  prestar, prestam que é uma beleza’. Em tão alto grau que,  me surpreenderam com tamanha desenvoltura, graça e contextualização das discussões que veio brilhante, engraçada, participativa  e mirabolante encenação musicada   da historíola  de Dom Quixote de La Mancha, seu reino e suas  maluquices  através de um musical  SUPEMEGAHIPER maravilhosa  APRESENTAÇÃO.
PARABÉNS GALERINHA.
 Valeu!!
Um abraço pra vocês!!
Irane Castro
SL, 28-11-14



"..agora de GENTE, sempre!!!"

“A batalha  entre cadernetas, avaliações,  notas, mil e umas tarefas de final do ano  letivo além da imprestabilidade da Internet daqui. Esticamento de 24 horas para 25, 26, 27.... e escasseando tempinho, pra prosseguir   bordando em palavras,   meu agora.
Em tão alto grau que, dia 19 de novembro lendo as acumuladas  mensagens  acho um convite-permissão   para aprovação da publicação   de textos  de minha autoria e assim criar determinado CARD.
Boa surpresa ao mesmo tempo medo,  ante o perigoso universo da NET.
A referida pessoa apagou um pouco desse receio,  pontuou elogios  reservado a mim como ‘escritora que escreve com  alma’ titulo que segundo, ela, CONSISTI EM indicada e EU, nem sabedora de tal candidatura.
 Permiti, arrisquei e aconteceu o readapta mento dentre os  meus escritos  sobre  o dia da consciência negra – feito em 2013 ("CONSCIÊNCIA é olhar OUTRO's SEM rótulos!) que republiquei nessa semana.
 Aguardei e nenhuma resposta me chegou. Pensei outra enrolação e ainda, bem que não deu certo, livrou-me quem sabe de um problema.
No outro dia, avisou-me que por ter chegado a sua casa tarde não pode entrar em contato comigo. Acordamos que ela acompanharia e numa próxima oportunidade consumiria as expressões que do silêncio expressado pelo que medito, indago e tento fazer diferente.
Outra vez, em sala de aula, chuvas de SMS de pedido de autorização para ser a crônica ‘todos, apenas gente!’ que apregoei dia 20.11.14 Dentro do limite do fora de sala de aula respondi-lhe que SIM.  O restante da tarde foi de tremenda ansiedade. Somente  a noite quando  cheguei em casa  que li, o recadinho, senti  o deslumbre intenso por palavras de elogios e  numerosos compartilhamentos.
Sei que é pequenino  episódio de incríveis  recontar e  reinventar  loucuras-loucas do jeitinho Irane de ser – irreverente e maluquete  num escrevinhar o mundo.
Prevalecendo minha alegria da  remetida e publicada  missiva abaixo com ajustamentos da dona da página Caminhos do Otimismo https://www.facebook.com/iraneccastro#!/caminho.de.otimismo/photos/a.436121299796705.1073741825.436098966465605/744549508953881/?type=1&theaterem 22 de novembro que  diz:
Mediante quaisquer JULGAMENTOS, já nos colocamos de forma SUPERIORPOR CONDIÇÃO”.
Experimente MUDAR o seu olhar em relação ao outro:
Sem RÓTULOS, sem MEDOS, sem MÁGOAS, sem DORES, sem PRANTOS, sem DESIGUALDADES, e, sobretudo, adeque RESPEITO em TUDO e com TODOS.
Do mesmo modo, não se deixe isolar por ideias PRECONCEBIDAS em:
- Maldizer diferenças;
- Espalhar correntes;
- Atrapalhar caminhos;
- Acelerar discórdias;
- Aumentar o fel e
- Estipular barreiras...
Já que, a PELEJA do CHEGAR, VIVER e PARTIR, são equivalências para TODOS...
A proposta é, simplesmente, um DESPERTAR DE CONSCIÊNCIA do RESPEITO e da VALORIZAÇÃO do SER GENTE, SER HUMANO e SER EU, aqui, ali e acolá...
Permita-se ser agente, imediato, da construção de um mundo melhor que reine a PAZ e o AMOR!
Comece ajustando o seu mundo interior!
Autora: Irane Castro
In: 21.11.14
Irane Castro
Beco da Preta
Sexta-feira, 28-11-2014
São Luís- Maranhão

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

"...todos apenas, gente!"


“...ante ajuizamento discriminatório de branco, negro, homossexual, aidético, leprosos, gordo, magro, alto, baixinho, pobre, feio, favelado, deficiente, nordestino (a) dentre tanta aversão humana, fortifique imperativa permanências em mudanças de apreciar o outro SEM RÓTULOS, SEM MEDO,  SEM VERGONHA e, sobretudo, adéque RESPEITO  do eu-tú-nós-todos em TUDO e o NADA de  agora’s. 
Do mesmo modo, exercite  comumente  que a  cútis  é proteção do  corpo.  Tão-somente a cor embeleza, somatiza, descreve, reescrevinha  e redesenha peculiaridade de lugar, família e histórias.
Não deixe ideias preconcebidas te isolar em:
_  olhares doentios;
_maldizer diferença;
_ espalhar correntes
_ atrapalhar chegança;
_acelerar discórdias;
_aumentar o fel;
_ estipular barreiras.
Já que, a peleja do chegar-viver-partir são equivalências pertinentes a  TODOS na certeza que somos feitos de vontades, de equilíbrios, de direcionamento e impelidos pela busca de novos passos pela caminhada individual-coletiva da formação da sociedade quer  violada quer harmoniosa.
Ou, simplesmente, ventaneei que CONSCIÊNCIA é o valoramento  do  SER GENTE, SER HUMANO e  SER EU  aqui, ali e acolá.
Inda, permita-se  experiências  habituais,  igualitárias e construtora dum mundo  de paz, de bem e extremamente melhor dentro e fora de cada um - em vida, com vida e para a vida -  de outros hoje’s – imediatamente!”
Irane Castro
Beco da Preta
Quinta-feira, 20-11-14
São Luís - Maranhão






  

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

“... recalcando a Gordicte!”



  
 

“Imediatos 1, 2, 3, 4, 5, ....60  minutos de ambicionada trituração de gordurinhas . Lá vou, pedalando motivos de acontecer o renascimento da inovada mulher. 
Ou, tão-somente mesmice  de badaladas ramerrões  dentro do eu de mim, porque são:
_ realizáveis exercícios; 
_ aleitadas  sofrências;
_ melindrados TUDO;
_ perceptíveis NADA.
Infelizmente, o instante dar ares de insignificante  decorrência  do avultado bucho   que destoou  na complicada tarefa rotineira que implantei em ajustes para a efetivação do projeto ‘divando eu’s’.
Mais uma vez, recalcando a languidez com tanta frequência que  as dores são esquecíveis em devotadas  confabulações como a Orcalinda. Do mesmo modo, rebulindo audácia pra afrontar esse inchaço, temor e deformidade corpórea.
Atolada  na PISTA.
Colaborada vontades de contínuas permanências.
Suavizadas querências de mudanças.
Embriagada pela  dieta do nunca desanime.
Ainda, recitando  que  sacudindo lassidão eu vou, quero e  chego lá no enterramento da contaminada temporada da Gordicte – pra já!”
Parti.
Inté.
Irane Castro.
Beco da Preta
Sexta-feira, 14-11-2014
São Luís- Maranhão


"CONSCIÊNCIA é olhar OUTRO's SEM rótulos!"


“Vide o negro, branco, amarelo, gordo, baixo, feio, belo, indígena, homossexual, prostituta (o), leproso, aidético, chato, alegre, triste entre tantas particularidades que distingue o  ser humano aqui, ali e acolá.
Do mesmo modo, enraíza cicatrizes, dores, contestações, permanência em mudanças e entendíveis  aceitações que  CONSCIÊNCIA é a simplicidade de olhar OUTRO SEM rótulos. 
Uma vez que, independente das diferenças individuais  eu-tú-nós-TODOS têm direito a atuações habituais do respeitar, humanizar agraciar, responsabilizar e oportunizar compassivo  instante. Porquanto, colorindo vontades de recomeçar TUDO e o NADA do caminhares individual em  vida, com vida  e para vida.
Tão-somente, o valorar SER  GENTE na igualdade humana, com imediatos agora’s de paz consigo e o mundo,  a cada hoje -  imediatamente!!”
Irane Castro.
In: Quarta-feira, 20 de novembro de 2013.
Beco da Preta
Sexta- feira, 14.11.14
São Luís, Maranhão.



 



  


 


 



quinta-feira, 13 de novembro de 2014

"....do lugar onde estou já fui embora!"


“O passarinho poético  disse que 'do lugar onde estou já fui embora'. E, hoje literalmente PARTIU.
Todavia, pra sempre a  distinguida canção de  usar-abusar de reinventadas  palavras brincadas d’outro mundo infinitamente particular de ver, viver e sorrir  hoje’s.
Estimado Manoel de Barros, Apenas, um INTÉ!
Irane Castro
Beco da Preta
Quinta-feira, 13.11.14
São Luís- Maranhão



 


 



segunda-feira, 10 de novembro de 2014

" ... agradeço-te o tudo!"



" ... agradeço-te o tudo.
Além disso, permita-me não desistir de uma linda semana de paz e bem - aqui, ali e acolá no meu hoje - pra já !"
Irane Castro♡♡♡♡
In: Quinta-feira, 16-10-2014
Beco da Preta
Segunda-feira, 10.11.2014


"... permita-se um lindo hoje!!"


"Permita-se caminhar e fazer lindo hoje, de paz e bem- pra já!"
Irane Castro♡♡♡
In: Quinta-feira, 16-10-2014
Beco da Preta
Segunda-feira, 10.11.2014


".. usando vida!"



" ...usando e abusando de motivos de pelejar, reinventar, agradecer, amar e sorrir hoje's em vida e com vida - imediatamente! "
Irane Castro♡♡♡
In: Quinta-feira, 16-10-2014
Beco da Preta
Segunda-feira, 10.11.2014


".. apenas ser gente, hoje!!"


".... apenas agradeço-te tudo e o nada de ser gente, no meu hoje!"
Irane Castro♡♡♡
In: Sexta-feira, 17-10-2014
Beco da Preta
Segunda-feira, 10.11.2014



"...agradeço-te outro hoje!



"...agradeço-te outro dia, outra peleja e outra noite.
Peço-te força para sorrir, a outra manhã que se aprochega em mim - pra já! "
Irane Castro
In: Sábado, 18-10-2014
Beco da Preta
Segunda-feira, 10.11.2014


"...semeando amanhã, hoje!!



"...semeando vontades de caminhares lindo e gratificante amanhã de paz e bem, no meu hoje - pra já! "
Irane Castro
In: Domingo, 19-10-2014
Beco da Preta
Segunda-feira, 10.11.2014


"... vivas hoje's!!



"....vivas o jeitinho de contínuos sorrir vida - hoje, imediatamente! " Irane Castro♡♡♡♡¿
Irane Castro♡♡
In: Domingo, 09-11-2014
Beco da Preta
Segunda-feira,10.11.2014


" catando eu's!"


" .. catando motivos para reiventar-me agora, outra vez - no meu hoje, pra já!"
Irane Castro♡♡
Beco da Preta
Domingo, 09-11-2014


domingo, 9 de novembro de 2014

"... Pequenitos pontos + !!"

“Por cá, em quase duas semanas de andarilhadas  disciplinas  e aprendizagem sobre a competição.
Aplausos!  Vivas!
Consegui em EXPERIMENTO legítimos,  PEQUENITAS   alterações positivas, tais como:
_  a inchação se despedindo:
_ o cansaço reduzido;
_ a pressão alta controladíssima;
_as dores nos nervos indo embora;
_a insônia me visitou, menos vezes.
Valendo  o aniquilamento de  banhas (4kg) e que de pouquinho em pouquinho o retorno do prazer em TUDO e alegria com NADA.
O aqui para o eu de mim, ainda, é pouco.  Igualmente,  colorindo tão numerosos passos pra chegar à reta final do projeto ‘divando eu’s’. Uma vez que, SOU ciente   da precisão de  doar-me para   amaciar as dores em sorrisos, acariciar o ego e mais vezes adotar a dieta do nunca desanime no meu instante de agradecendo e chorando em júbilo  já que:
_ sepultei a aversão ao espelho;
_aceitei a imperativa de reeducação alimentar;
_ alterei os hábitos;
_ emplaquei  outras regras à rotina
 Peço-te ao vento, sol, lua e chuva pra ser uma atleta integra nessa olimpíada comigo mesmo, e vencer um dia de cada vez, no meu hoje – logo!!
 Irane Castro
Beco da Preta
Domingo, 09-11-2014




 

"...faze-te sem limites no tempo!


" ...noiteando instante com palavreamento de Cecilia Meireles.
Aonde simplesmente  me diz, 'faze-te sem limites no tempo’  de viver,  sorrir, agradecer  TUDO e o NADA  aqui e agora, no hoje – imediatamente!”
In: Sexta-feira, 07.11.14
Beco da Preta
Domingo, 09-11-2014



 

".. outros caminhares!!"


“Quero outros caminhares de ser  e estar num lindo e florido dia  em mim,  aqui e agora – no meu hoje!!”
Irane Castro
Beco da Preta
Domingo, 09-11-2014


 
 

".. segundo tempo de Gordicte e eu! !"



“...outra vez, Gordicte e Eu em harmonizados treinamentos. Devagarinho venci o tempo 15, 20, 30, 40 e 60  minutos que aprontei em  sinalizada olimpíada comigo,  mesma.
Por enquanto, SOU uma peregrina atleta.
Joguei-me na PISTA em peleja absorvente, imprescindível e diagnóstica para vencimento da corrida corporal.  
Sei que  careço firmeza, pontualidade e VONTADES de caminhar a caminhada cansativa, longa e  de permanência em mudança  do TUDO e NADA.  
Não apenas, em sonho. Mas, numa autenticidade concreta, fascinante e decorada do projeto ‘divando eu’s’.
O rolé com Orcalinda tá loucamente prazeroso, habitual e rendoso.
Vale cada sambinha na gordurinha, injetação de ânimo, beberagem de água, engolimento da dieta do nunca desanime.  
Sei que preciso ser persistente e insistente em cada passada de  coragem para lapidar-me numa simplicidade dentro/fora de mim enquanto puder em vida, para vida  e com vida  sorrir outro  hoje de paz e bem comigo – pra já”!
Irane Castro
In: Sábado, 08.11.14
Beco da Preta
Domingo, 09-11-2014
São Luís- Maranhão




 



"...eu e Gordicte na pista!!!"



“Eu de mim e Gordicte em  descrevidas deliberações  resultadas de firme, forte e finalizante  conviva.  Com efervescência em primeira meta, tomei remédio ‘vergonha na cara’.
Porquanto, abordoei não alimentar uma guerra. Contudo, acatei a coexistência, em meio a diálogos, revalorização e respeito do individual-coletivo.
De tal maneira,    reescrevinhando  caminhares de novo dia – aqui e agora, e:
 _ barganhei experiência  com a bicicleta ergométrica que apenas,     enfeitava  quarto (quase três messes de comprada);
_ admiti sua verdadeira função;
_ alcunhei-a  de ‘orcalinda’ numa mistura do que estou  de baleia orca;
_ armei laços como essa mais nova amiga de infância;
_ almejei traços de renovação e lindeza;
_ insisti em sua serventia 1, 2, 3, 4, 5..... 60;
_ petei  cansaço, preguiça, dores e desânimo;
_ duelei pra alcançar  dez, vinte, trinta....  ínfimos sem resfolegar;
_ acionei persistência;
_usei de jeitinhos Irane de ser -  maluquete e irreverente  para enfeitar o ato de pedalar;
_ abusei de  viagens literárias  pro esquecimento do ‘não consigo’;
_ disponibilizei maratona pessoal para fechamento da boca;
_redesenhei   o abocanhar de   saladas e grelhados;
_ arquitetei   cachoeira de água;
_ desentalei o que  avoluma  as banhas;
_ desinfetei cérebro de medos.
_ ingeri a dieta do ‘nunca desanime’.
Dói demais.
Lágrimas.
Aqui treinando e ouvindo música. Pedalando e assistindo novela. Lá vou quase parando.
Desistir nem pensar. Teimosamente tenho que soprar ao vento, sol, lua, chuva   que   SOU persistente, insistente na dosagem da ‘dieta do nunca desanime’.
Fui.
Parti!
Rolé com Orcalinda.
Tão somente na PISTA  acarinhando esforço, vontade e motivos de avançar em exercícios (físicos e mentais)  para a grandiosa olimpíada comigo mesma – pra já.
Irane Castro
In: Sexta-feira, 07.11.14
Beco da Preta
Domingo, 09-11-2014

Eu gosto do impossível,
tenho medo do provável,
dou risada do ridículo e choro porque tenho vontade,
mas nem sempre tenho motivo.
Tenho um sorriso confiante que as vezes não demonstra o tanto de insegurança por trás dele.

Sou inconstante e talvez imprevisível.
Não gosto de rotina.

Eu amo de verdade aqueles pra quem eu digo isso,
e me irrito de forma inexplicável quando não botam fé nas minhas palavras.
Nem sempre coloco em prática aquilo que eu julgo certo.
São poucas as pessoas pra quem eu me explico...

Bob Marley