quinta-feira, 26 de março de 2015

"... jeitinhos de gente!"

"A Pele, apenas  pequeno e  belo detalhe.
Vale o que tenho de  jeitos, jeitinhos e jeitões de  gente aqui, ali e acolá - hoje e sempre!!
Irane Castro
Dia Internacional contra a descriminação racial.
IN: Sábado 21-03.15
Beco da Preta
Quinta-feira, 26-03-2015
São Luís- Maranhão

"Down gente linda!"

Pretiando assim:

" Vivas Down gente linda, hoje e sempre!"
Irane Castro

Dia Internacional da Síndrome de Down
Beco da Preta
Sábado, 21.03.15
São Luís- MA 

".... fome no meu quintal"

" Na segunda-feira, 23.03 CHOREI quando assisti 'a estrada da fome'  um programa  de determinando canal televisivo que mostrou a extensão da fome  em terras  das palmeiras, ocasionada pela inércia politica.
Fiquei entre desligar a televisão e o querer saber detalhes. Resolvi entre lágrimas   a continuidade da  desprendida  realística situação-problema dentre  caminhada de corrupção.
Em si , a riqueza em detalhes da foto tirada em cidades daqui demonstra infelizmente, a   retratada e  triste realidade que pontua a pobreza extrema, de pequeníssimas cidades maranhense  comprovadas pelo IDH.
Outrossim, um mal acrescentado pela própria população que votou sem a preocupação quem estava posicionando como dono do pedaço (politico econômico).
Tão-somente, expôs os males do meu quintal - pobreza, fome, ausência de tudo e inexistência do NADA para o mundo
 Uma ferida aberta sem provável CURA  embaixo do nariz."
Irane Castro.
São Luís- MA - 26.03.15

".. parti de 150 por 1....."


"... o acidente aéreo, no sul da França (25.03), o PARTI  inesperado, aparentemente planejado de  uma perda proposital de 150 pessoas  por 1.
Tão-somente  episódio real, dilacerante, enigmático, monstruoso que destruiu famílias, rasgamento de elos e   interrupção de sonhos   imputado pelo comportamento dum   humano perdido de si mesmo.
Um fato incompreensível que assusta muito pela efervescência da notória doença pós-moderna, DEPRESSÃO. 
Ou  ideias fundamentalistas de algo que defendia e, ainda, não se catalogou?
Por enquanto,  SILÊNCIO claro, chocante e inexplicável que gera zilhões de indagamentos, tais como:
_ Onde vai parar  a ação humana?

_ Cadê  o ser gente, que mora em cada um?
_ De novo, a indagação de como custa caro ser humano?
Outrossim,  vejo que     o individuo   perdendo o EU por TUDO e, trucidando o outro por NADA.
Outrossim, a propagação de ferida coletiva sem remédio, sem tratamento, sem cura. Apenas,  aprofunda  cicatrizes  presentes em todos    os cidadãos do mundo,  para sempre -   aqui, ali e acolá.
Irane Castro.
Beco da Preta
Quinta-feira, 
26.03.15
São Luís- Maranhão

segunda-feira, 23 de março de 2015

"... custa caro ser humano?"

"As pessoas não percebem que a novela da vida real é mais dolorida.  Sinto angústia  intensa,  perante tamanho  episódios massacrantes  e ensandecidos,  que me leva a indagar constantemente, cadê o humano que mora em cada um?
Karacolas, uma cena de um beijo gay (feminino) ofende em quê?
Preste atenção, nas cenas verdadeiras de beijo (homem e mulher) em shoppings, praças, ônibus, etc., são  situações  aberrantes e  dilacerantes.  Diga aí, o que é  feito para proibir tais comportamentos? E,     por que em certos casos se aplaude as historinhas cotidiana?
Nadica  de nada se faz nem aqui, ali e  acolá.  Quanto aos canais, novela etc.,  a dramatização não te agrada, porque está assistindo e dando audiência?
Outrossim, certos programas não é para criança. A opção sexual é individual. Também,  a palavra DEUS é conforto no coração de quem acredita e, não espaço para condenação do outro. Ofendido mude de estação, DESLIGUE a TV e faça algo que considera proveitoso.
ACORDE, NÃO percebe-te envolto dentre tantos detalhes rotineiros  que necessitam  serem reivindicados, recuperados e resolvidos. 
Pule fora dessa absurda falsidade moralista  e,  enxergue o   pavor realístico  que bate a porta de cada brasileiro -  insegurança, insatisfação  e inexistência  de benefícios para o cidadão.
Já parou para pensar, que por cá:
_ Como custa caro ser humano? 
 _ Como dói ser honesto?
 _ Como aquele que rala todo dia  estica  salário, para pagar   dívidas pelo rombo nacional?
_ Como  imposto consome a vida, do trabalhado?
 _ Como eu, você, nós e TODOS   sustentamos a máfia que  engoliu a hombridade  da 'pátria amada Brasil'?
Nojento  é vivenciar  cotidianamente essa humilhação  do NADA sendo feita e,  TUDO avacalhado -  país afundado na VERGONHA, retalhado na  CORRUPÇÃO e sem perspectiva de punição e mudanças.Caríssimo (a), Indignação é a generalizada FALTA DE RESPEITO, do norte a sul da terras brasilis.
Aí né, TODOS calam, aceitam e engolem a seco .
Tá ofendido, ligue o botão do FODA-SE!!”
Irane Castro
Beco da Preta
Segunda, 23/03/2015
São Luís- MA

"... teimosia rotineira!"

Pretiando assim:

"Sou  teimosia rotineira.  Tanto que, me jogo na caminhada dos mesmos passos, dando VIVAS  ao meu agora.
Tão-somente  MULHER celebrante da fé  como  constante  reelaboramento de motivos de  ainda, o quero SER GENTE  que agradeci TUDO e  reinvento meu  NADA.
Dentro do eu de mim, deixo ecoar vontades  de sorri vida  em contínuos  guerrear dum dia de  cada vez , na batucada do  refazendo hoje's- imediatamente!
Irane Castro.
Beco da Preta
Segunda-feira, 23-03-15
São Luís- Maranhão


sábado, 21 de março de 2015

"... esvaziando o que não contribui, em mim!!"




"... eu quero  esvaziando  o TUDO e NADA, que não  contribui em mim!"
Irane Castro
Beco da Preta
Domingo, 26-04-2015
São Luís- MA




"..aprendi o QUERO, POSSO e FAÇO hoje's!

Pretiando assim:

"A certeza de mudanças impulsiona-me a catar novos caminhos armada de esperança e almejando outros rumos.
Nesse peregrinado agora, enfeito a minha realidade com as cores que me convém. Do mesmo modo, enfrento os passos do jeito que posso. Igualmente, guerreio o jeito Irane de ser – maluquete e irreverente de ir - rabiscando, (re)inventando,(re) criando, remendando e recriando vida.

Pois, aprendi que não posso mudar o mundo. Mas, o meu mundo QUERO, POSSO e FAÇO motivos para trocar permanências em mudanças . Tão somente, remexendo, recolorindo e rehistoriando de alegria, fé, amor, paz e muito de tudo aquilo que quiser.
Inda, sei prevalecer-me um mundinho infinitamente particular de lapidar o meu interior que influencia o exterior, quando me proponho a uma constante ebulição e variante do eu de mim
Proponho-me na caminhada do caminho de caminhante do caminho caminhado deixando-me marcas de sonhadora, sobrevivente, guerreira, desafiante e encrenqueira. Linda artimanha desenvolvida para encarar as dores em sorriso e agradecer vida por aqui, ali e acolá
Simplesmente, vou abusando da celebre frase dos AA, no qual me ensinou a beber coragem, abater o TUDO, esperançar o NADA e respirar um dia, de cada vez.
Hist-Irane eu vou por um recomeço, pra já - imediatamente!!”
Irane Castro


Beco da Preta
In: 06-03-2015
Sábado: 23.03.15
São Luís- Maranhão


"... Brasil, gigantesca vergonha"

Pretiando assim:

" .... outras mais,  gigantescas nuvem da vergonha nacional que  se espalha aqui, ali e acolá "
Irane Castro
Beco da Preta
In: 06-03-2015
Sábado: 23.03.15
São Luís- Maranhão


".. aprendendo o eu-mulher!"

Pretiando assim:
".. aprendendo ser o eu-mulher!"
Irane Castro
Beco da Preta
In:08 de Março de 2015
Sábado, 23/03/15
São Luís do Maranhão 

"... refazendo hoje's!!

Pretiando assim:

“Lá vou eu, tão-somente refazendo os passos da caminhada d’outro hoje – pra já!”
Irane Castro
Beco da Preta 
In: 08-03-2015
Sábado, 23.03.2015
São Luís- Maranhão


"... caminhares hoje!"

Pretiando assim:
"... vivas o caminhares d'outro hoje!"
Irane Castro
Sábado,21.03.15
São Luís- Maranhão
Beco da Preta.

"Vivas a poesia!"


"Vivas a poesia.
Nessa magia palavreada possibilito-me poetizar olhares de ainda, conviver o TUDO e NADA, no caminho do hoje!"
 Dia da Poesia.
In:14.03.2015
Irane Castro
Beco da Preta
Sábado, 23-03-2015
São Luís- Maranhão





"... não digo nada!"


" No caminhar de cada agora 'vou em cada passo cavoucando motivos dentro o deu de mim, em  contínuos quero o viver.
Tão somente, abusando da frase da minha sobrinha  Sunshine Santos Castro  que ' digo tudo, quando não digo nada..." corrobora com o instante de simplesmente observo  em silêncio  tantos mais estragos aqui, ali e acolá.
Até quando??
Irane Castro.
 In: 19-03-15
Sábado, 21.03.2015 
São Luís _ Maranhão

"Pai, hoje de saudades!"

Pretiando assim:



""Pai, hoje de Saudades. Seis anos de tua ausência. NADA de tristeza. 
 Tão somente, aplaudindo, agradecendo e exercitando teu jeitinho manso de sorrir vida que usava como estratégia, para vivenciar um dia de cada vez. 
 És presente em sua filharada de sangue, adotados, cuidados, aproximados e acarinhados que aprenderam contigo a andar por motivos de outros passos, no caminho do agora - pra já"
 Irane Castro.
 SL,20-03,15"
"Pai, hoje de Saudades.
Seis anos de tua ausência.
NADA de tristeza.
Tão-somente aplaudindo, agradecendo e exercitando teu jeitinho manso de sorrir vida - que usava e abusava para vivenciar um dia, de cada vez.
TUDO de alegrias por te vê presente em pequenos e dividido detalhes SEMIÃO entre tua filharada (de sangue, adotados, cuidados, aproximados e acarinhados), irmãos (ãs), netos (as), bisnetos, sobrinhos (as), esposa, parentes, amigos, conhecidos e TODOS ...
que aprenderam contigo a renovar passo e outros motivos de caminhar o agora - pra já"
  In: 20.03.15
Irane Castro
Sábado, 21-03.2015
São Luís- Maranhão.




domingo, 8 de março de 2015

".... mulher, minha Vó-rainha!!

"Vó-rainha,  esse é meu exemplo de mulher guerreira. Minha deusa real  que administrava seu dia entre as tarefas de ser lavadeira, dona de casa, religiosa praticante,  cuidadora de filhos, netos e marido além de manter sua beleza de negra encantadora.
Aquela madona sem mascaras, sem atropelos e  sem papas na língua. Situada no índice de analfabetismo. Mas, precisamente o código das letras.No entanto, de um conhecimento magnifico. Outrossim, em ideias claras, praticas e constantes  sobre a educação.
Tanto que regrou  geral para  família   como ser    modificadora de seus descendentes -  NEGROS e POBRES. Exemplificando  rotineiramente  NECESSIDADE da busca de direcionamento  no  refazer os passos  e encontrar  caminhos de futuro no agora.
Tão-somente Vivas a hereditariedade marcante,  majestosa e presente em TODAS as MULHERES da  família.
No eu de mim,  transborda seus ensinamentos em  palavras, gestos e lutas por novos hoje's, pra já -sempre!!!.
Irane Castro.
Beco da Preta
Domingo, 08.03.2015
São Luís- Maranhão

"Março escrevinhe hoje's!

" Senhor Março, permita-me tão-somente escrevinhe  caminho de recomeço d'outros hoje - aqui, ali e acolá!
SL, 01.03.15
Irane Castro


Eu gosto do impossível,
tenho medo do provável,
dou risada do ridículo e choro porque tenho vontade,
mas nem sempre tenho motivo.
Tenho um sorriso confiante que as vezes não demonstra o tanto de insegurança por trás dele.

Sou inconstante e talvez imprevisível.
Não gosto de rotina.

Eu amo de verdade aqueles pra quem eu digo isso,
e me irrito de forma inexplicável quando não botam fé nas minhas palavras.
Nem sempre coloco em prática aquilo que eu julgo certo.
São poucas as pessoas pra quem eu me explico...

Bob Marley