sábado, 23 de setembro de 2017

Pretiando assim:

"... estar d'alma leve por aqui!"

Pretiando assim:

"...por mares de paz, em hoje's!"

Pretiando assim:
“... de pranto ou alegria.
Ser o nunca desisto.
Ainda estar na esperança.
Por mares de paz.
Em rio de fé.
Por vôo do querer.
O canto de paz.
A dança de ousadia.
Que respiro o agora.
D'alma bem leve
E persisto pelo cotidiano.
Tão grata e livre.
E pouso dia melhor.
De livro com vida
Imediatamente em hoje’s!”.
Irane Castro.

"...o Vênus, em hoje's!"

Pretiando assim:
Palavra do dia: Venus
“... há pouco tempo junto com gigante neto essa viagem literária ou o conto de   Ziraldo, ‘o menino que veio de Vênus’. 
Lugar de origem   que o  personagem Vevê   explica  o que foi, é,   será  o desejo de  olhares, estar  corações  ligados ou não ao   amor. Porém, a certeza do construto de gente sempre,a cada dia!”
Irane Castro 

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

"... tempo nata de esperança em hoje's!"

Pretiando assim:
Palavra do dia: Esperança
“...entrada a saída  cotidiano.
Seja estação  não desanimo.
Sentida chuva ou SolRIDA
Exista tempo de coragem.

Por meio da  primavera.
Ser jardins de  amor.
Estar canteiros  de fé.
Até leira que quer.  

Vez  teimosia vez ousadia.
Abrolha  chão de vontades.
Ora alto ora baixo.
Exala cheiro de paz

Alastra nata  de esperança. 
Avivado  recomeço de tudo.
Para  um amanhã melhor.
De presente vida hoje’s!”

Irane Castro
Beco da Preta
São Luís_Maranhão_ Brasil
Escrever Sem + Nem _.
Desafio: 21/07/17


quarta-feira, 20 de setembro de 2017

"...si amar é preciso em hoje's!"

Pretiando assim:
Palavra do dia: Coração
   “... na  simpliCIDADE  do coração.
    Que   só (mente) sente.
      O  amAR é preciso.
        Primeiro em  si mesmo.
          E  dar-se um jeito.
            De singular à plural.
              Marca   do florescido laço.
                Ou o não quero.
                  Porém   guia do  vaivém.
                     Dentre perda ou ganho .
                       De   estar  mais vida
                         Em    tão presente agora.
                          IMEDIATA_mente em  hoje’s!
                             Irane Castro
                               Beco da Preta
                                São Luís-Maranhão
                                   Escrever Sem + Nem _.
                                      Desafio 20.09.17
                                                                                                                                    

"...tô pra lá pra cá de mais vida!"

Pretiando assim:
"... o  seguinte tempOesia.
Ora dia  ora noite.
Espalhe  paz e bem.
De dentro pra fora.
Espelhe  amor e alegria.
Tão longe ou perto.
Seja  lindo agora.
Pra lá pra cá.
Florido de mais  vida
Aqui, agora em hoje!”
Irane Castro
 Beco da Preta
 São Luís-Maranhão
                                                                     



terça-feira, 19 de setembro de 2017

"...tô com dose de ca-FÉ em hoje's!"

Pretiando assim:
 
“... a estação do agora.
        É o nunca desiste.
            Se amar é preciso.
               Para delir sabor amargo.
                  Com dose de  ca-FÉ.
                     Pitadinha chá de paz.
                       Ou o que gosta.
                          Para pão do dia,
                             Num livro por vez.
                                Com o singelo  sorriso.
                                   Prossegue     o reverso  caminho.
                                     Com mais  vida em  hoje’s!”
                                        Irane Castro
                                           Beco da Preta
                                             São Luís-Maranhão_Brasil
                                                                                                                       


segunda-feira, 18 de setembro de 2017

"...a passarinha e filhotes poéticos por aí!"

Pretiando assim:

 A Batida na porta.
A surpresa da chegança.
O tão esperado canto.
E ser do bando.
Vez longe e perto.
Tal ninhal de palavras.
A revoada bem juntos.
Por tantas mais esquinas.
 Ou o estar palavração.
Da passarinha e filhotes.
Por belo universo poético.
Aqui, ali e acolá.
 Irane Castro
Beco da Preta
São Luís-Maranhão_Brasil.
Poesia  DE Esquina
                                                                                                                                                     

"... a Praça João Lisboa, do hoje's!"

Pretiando assim:
Palavra do dia Lisboa
“... definido local da batalha entre holandeses e portugueses. Depois, a primeira (o) feira ou  mercado, abrigo público, o pelourinho e aonde senhores de engenho, comerciantes, família, escravos e/ou empregados largueava o ir e vir proseando pelo final da tarde.
Posteriormente,  em homenagem ao residente poeta e jornalista, denominada Praça João Lisboa Mas, contínuo local de dito  no momento,  pura  ostentação da cidade.
Ao redor da estátua palmeiras, amendoeiras, os antigos bancos de madeiras. Ainda, à sua frente            literalmente o relógio do tempo, para informar ora do ofício pra uns ora  descanso pra outros.
O  conto diz as mudanças econômicas pelo tempo a fez dificuldade pra moradores, empresários e labutadores. Do mesmo modo, inserido no mapa de Patrimônio Cultural e Imaterial da Humanidade. Têm ainda, 03 (três) presente grande-homem que a mais de 70 anos  trabalham como engraxates _ receberam o  título de patrimônios da cidade.
Do mesmo modo,  rebatizado local dos aposentados, devido senhorzinhos/ senhorinhas pela manhã bem cedo ou a tardinha  estar assentados em  conversaria,  nutrem   os pombos e contadores da história de tantas histórias  do recinto.
Por vez, o instante é a centralização de  bandas, personagens e o povo para a caminhada poética pelo centro histórico da Ilha de São Luis do Maranhão.”
Irane Castro
Beco da Preta
São Luís-Maranhão_Brasil
Escrever Sem  Nem _.
Desafio: 18.0.17



domingo, 17 de setembro de 2017

"...ontem literalmente o corta pra mim!"

Pretiando assim:
“.... do ontem Marcelo Rezende.
Foi corta pra mim.
De encerrado tempo por aqui.
Em silêncio  partiu lá para o alto
Marca do   caminho sem volta.
Que seguiu para  outra jornada.
Ou canto  para o achegado.
Definido passa RInho do instante
Vá de  e na paz!”
Irane Castro
Beco da Preta
São Luís-Maranhao_ Brasil.
                                                                                                       


"... em si e comigo's de paz!"

Pretiando assim:
Irane Castro
Beco da Preta
São Luís- Maranhão Brasil
                                                                                                                                                      
                                                                                                                                               

"... tô uniVERSO de paz!"

Pretiando assim:
Irane Castro
Beco da Preta
São Luís- Maranhão Brasil
                                                                                                                                                      
                                                                                                                                               

"...o gigante e presente super dinossauro"

Pretiando assim:
Palavra do dia: Desenho e Susto.
“... desde ontem sem internet, sem o conto da pessoinha que sábado assisti mais desenhos animados. Final da tarde do domingo literalmente de traje, imitando-o  sobe no sofá,  fica encolhido e depois pula como se fosse o antigo personagem.
Diz ‘pai já sei a lição’.
Grita ‘mãe tira self’ .
Fica parado de novo.
E  berra não pode postar, né Vovó  Iane.
Uma idéiaaaaaaaaaaaaa que tal agente escreve que é animal que continua a se desenvolver e se  adaptar pelo tempo. 
Ainda, era só aparente susto. Olha aqui como tô  gigante, bonzinho  e presente super dinossauro.
Vivo no vale da família para  andar amor, lutar por  aprendizagem, recontar a historinha e apresentar na escola  amanhã, em hoje’s!”
Irane Castro
Beco da Preta
São Luís-Maranhao_Brasil
Escrever Sem + Nem _.
Desafio:17/18.09.17

sábado, 16 de setembro de 2017

"...tô ninhal de palavras por ai!"

Pretiando assim:
“... do  Beco da Preta.
Ouço batida na porta.
É  surpresa da chegança.
Do  tão esperado canto.

Vez  longe e perto.
Ser parte  do bando.
Ou  ninhal de palavras.
Na revoada bem junto.

Por tantas mais esquinas.
E  o  estar palavração.
Na  ousadia dia-a-dia.
Faz  reverso  e converso.

De livro por  vez.
Da passarinha e  filhotes.
Por belo  universo poético.
Aqui, ali e acolá.

Irane Castro
Beco da Preta
São Luís-Maranhão_Brasil.
Poesia  DE Esquina
                                                                                                                                      


sexta-feira, 15 de setembro de 2017

"...sou parapeito de palavras por aí!"

Pretiando assim:
Palavra do dia: Parapeito.
Lá do meu ontens.
Idéio  alicerce e estilo.
Do espaço de proteção.
Para o mínimo de medo.
Dentro  é mais  amor.
De  resistir à pressão.
Fora  o não desiste
E acrescer as paredes.
Da cabeça aos pés.
Com  parapeito de palavras.
Vê  essência que quero.
O lado do agora’s.
Que  ao longo  tempo.
Edifiquei Beco da Preta.
Ser o que é.
Escrita do vivo feliz.
Arcabouço insistir e persistir.
Para  re_começo de tudo.
ResPIRO  coragem  e otimismo. 
Para o    vaivém  do cotidiano.
Estar viajante bem  leve.
O livro dia por vez.
Ou    infinita  viagem PoEUSia.
Sigo mundo melhor hoje’s!” 
Irane Castro
                                                                                                                                                                                                                                                  

Eu gosto do impossível,
tenho medo do provável,
dou risada do ridículo e choro porque tenho vontade,
mas nem sempre tenho motivo.
Tenho um sorriso confiante que as vezes não demonstra o tanto de insegurança por trás dele.

Sou inconstante e talvez imprevisível.
Não gosto de rotina.

Eu amo de verdade aqueles pra quem eu digo isso,
e me irrito de forma inexplicável quando não botam fé nas minhas palavras.
Nem sempre coloco em prática aquilo que eu julgo certo.
São poucas as pessoas pra quem eu me explico...

Bob Marley